Egocentricamente estilosos

Se formos traçar uma linha do tempo, a história dos blogs de estilo pessoal, arrisco dizer que o primeiro e mais conhecido foi o Wardrobe Remix que, na verdade, nem era blog e sim um grupo do Flickr. As participantes do grupo postavam o look do dia, comentavam das outras, etc.

Logo esta fórmula chegou aos blogs de moda e virou febre. As blogueiras postam seus looks partilhando inspirações, gostos, e o estilo pessoal – claro. Se pensarmos, hoje os blogueiros que viraram celebridades e nomes considerados importantes para a moda são quase que 80% donos deste tipo de blog. Querem ver a lista? Quem não conhece o Style Bubble, Le Blog de Betty, The Cherry Blossom Girl, Sea of Shoes, Style Rookie, e taaantos outros mais? Entre os brasileiros, o mais famoso é o Hoje Vou Assim (adoro!).

estilopessoal
Betty, Cherry Blossom Girl, Susie Bubble e Tavi – blogueiras e seus estilos

Na outra porcentagem de blogueiros famosos estão incluídos os donos de blogs de moda de rua: Sartorialist, Garance Doré, Jak and Jil, Face Hunter, etc. Eles fotografam pessoas estilosas pelas ruas (hoje em dia muito mais nas portas dos desfiles e outros eventos de moda do que propriamente nas ruas, uma pena). Quer dizer: o estilo das pessoas é hoje o grande atrativo da moda, sinal da época individualista que vivemos (quer coisa mais individual que blog?). A unidade de cada um destes fotografados influencia a moda – que é padronização. Estes elementos são apropriados e reformulados por estes trend-setters e assim a coisa vai rodando.

Mas o que eu acho muito curioso no fenômeno dos blogs de estilo pessoal é que, na verdade, é um grande exercício de exibicionismo. Pelo amor de Deus, não me entendam mal, não estou criticando – até porque acompanho a maioria dos blogs e adoro, me inspiro também. Mas não é curioso você se produzir todos os dias, fazer inúmeras poses, se expor na rede, na Internet? Soltar no vento algo tão seu, sem saber o que vão fazer com suas fotos, onde elas vão parar, o que vão pensar de você…

Claro, saímos nas ruas vestidos, todo mundo vê a roupa que está usando. Mas é como se eu fosse parando cada transeunte que passasse por mim e falasse: ei, olha minha roupa!

Nos blogs de moda de rua, há a edição do dono do blog: a opinião dele sobre seu look vai determinar se você vai entrar ou não – ou seja, se você é “estiloso” o suficiente. No blog de estilo pessoal, é um chute do blogueiro: ele gostou do próprio look, publica e – será que a audiência também vai? Deve ser uma pressão um pouco grande na hora de vestir, não? Eu fico pensando por mim, ficaria arrasada se lesse muitos comentários gongadores.

Aliás, eu nunca faria um porque morro de medo de invejosos – e eu acredito que eles estão na internet também e estão atrás do sucesso alheio para secar! Saravá!

De qualquer forma, gosto muito de alguns blogs, como os que não postam apenas seus looks, como é o caso da Susie Bubble e daquela pirralhinha da Tavi (do Style Rookie). Gente, eu acho crianças prodígio estranhas, mas esta menina é muito inteligente e com um estilo bem particular. Tanto a Susie como a Tavi têm esta característica: elas são mais excêntricas e experimentam mais, por isso acho mais interessante como treino para meu olhar.

Já outras são mais apegadas às tendências. E outras chegam a algumas fronteiras do surrealismo de se expor – na minha humilde opinião. É o caso da menina de Sea of Shoes. Só entrei algumas vezes neste, acho meio “agressivo”. Primeiro, tenho nervoso do nível de exposição que a menina se coloca. Fico pensando: celebridades (as sérias) fazem de tudo para ter privacidade e ela expõe tudo de sua vida para o mundo todo! Além de ser um nível de ostentação de riqueza meio over… Acho meio louco os closes nas jóias, nos sapatos, nas fotos do closet, da casa dela… Sem contar que é um prato cheio para a publicidade camuflada de conteúdo de blog (não to afirmando que os posts são pagos, estou apenas comentando, hein!). Não sei, acho a menina linda e com um senso de estilo legal (até linha de sapatos já criou!), mas não consigo entender como alguém pode se expor tanto, sem noção do perigo.

seaofshoes
Acessórios e closet de sapatos da dona do Sea of Shoes

Junção de coisas bem loucas e que eu bato a cabeça pra entender: os mundos da internet e da moda.

About these ads

11 opiniões sobre “Egocentricamente estilosos”

  1. Eu sempre curto o que vc escreve, exatamente pq e diferente do que achamos na maioria dos blogs!
    Eu sempre posto meus looks no blog (no inicio ter o blog era mais para me fazer escrever,mas com o tempo ele ficou um pouco mais visual) e me ver ali me ajudou mto a definir o meu etilo pessoal!
    Foi menos um exercicio de exibicionismo e mais um exercicio de estilo!
    Bjs

  2. Ei! Acho bacana que o estilo esteja em destaque atualmente. É um apelo entre linhas da não padronização imposta pelas tendências, consumo…
    E falar em individualismo fica fácil fazer um link super próximo ao conceito de narcisismo! É uma forma te se ter um retorno de como estas pessoas se colocam no mundo, não acha? Porém, os limites parecem ficar sem parâmetros…

  3. Marcia, eu já me peguei pensando várias vezes em algumas das coisas que você escreveu.
    Eu confesso, NÃO tenho paciência pra lookbooks ou blogs de estilo pessoal, salvo visitas ocasionais (lê-se quase nunca) ao Le Blog de Betty. Outros como essa Tavi eu acho meio ridículo, até. Gente, 12 anos?
    Sartorialist e street style eu tenho mais paciência porque acho diferente: reúne de tudo um pouco, pessoas diferentes, estilos diferentes.
    Acho que não há nada de mal em postar looks próprios, claro, é um exercício de criatividade acima de tudo por saber que tem gente assistindo (e o ser humano, querendo ou não, está sempre buscando aprovação alheia). Mas que também tem um quê de self-exhibition, tem! Haha!
    E adorei o post “Vida Efêmera.”
    Beijos

  4. Olha, eu entro no Sea of shoes, já me questionei várias vezes, onde “a mãe fotógrafa” quer que sua adolescente chegue. É claro que tem um bem traçado plano de MKT por trás, lembre-se, elas são americanas, e eles não brincam em serviço. Ela já lançou linha de sapatos, vai debutar no Crillon Hotel, em Paris, já fez campanha de make , etc… Parece que toda essa exposição já está surtindo efeito, muitos U$$$$, engordando o cofrinho e tb, transformando-a em pseuda celebrity. No mais, adoro o acervo delas de sapato, mas acho que po “jabá” por alí anda forte demais. Agora, blog de estilo, concordo são muito egocêntricos, aliás todos os blogueiros acabam se achando, o ego fica inflamadérrimo quando recebe um comentário ruim, ainda mais os brazucas, concorda?

  5. amei o q tu escreveu, concordo com esse negócio de exibisionismo (q anda demais) e principalmente com o comment sobre a guria do sea of shoes

  6. eu tenho uma inveja boa PROFUNDA pela menina do sea of shoes. meudeus ela pega cada coisa incrivel no closet da mamis dela e AHAZA por ai hahahahaha queria eu!!!! curto mto essa vibe de blogueiras inspired e hje em dia mta marca nacional se inspira nessas it girls, ate pq se aproximam do publico alvo. ÓTIMO post

  7. Oi Márcia!!!

    acompanho seu blog e adoro seus textos, sempre interessantes! Tenho um blog de estilo pessoal, exponho um monte da minha vida e concordo com várias coisas que você falou. Pra ter um blog de estilo pessoal, mais do que egocentrismo (que eu acho que a palavra só se aplica a quem realmente tem um ego maior do que a própria pessoa), é preciso uma boa dose de exibicionismo e de pudor quase zero de se colocar na berlinda. ahhahaha

    As críticas sempre vão existir e qualquer pessoa pode gongar o nosso look, mas no final das contas o que incomoda é a forma como as pessoas fazem isso: seja com comentários ofensivos, seja com o preconceito de lhe julgar sem conhecer o suficiente. Em ambos os casos não costuma prevalecer o respeito e geralmente o leitor que “odeia” não assina seus comentários.

    Eu sou blogueira desde os 14 anos, sempre tive inúmeros blogs de assuntos diferentes. Tenho um blog de ilustração e direção de arte (meu trabalho), um de textos e um de estilo pessoal que tem servido como uma grande diversão pra mim. Adoro o blog Sea of Shoes e tantos outros blogs gringos, muitas vezes pela qualidade e plasticidade da fotografia, coisa que raramente se encontra nos blogs brasileiros. Claro que é surreal o estilo de vida da Jane, os sapatos grifados e tão distantes da minha realidade (que tenho um blog de moda barata, pra ser mais exata), mas como apelo visual e possibilidades estéticas eu acho incrível.

    Quando você fala que tem medo da inveja alheia, bem…eu morro de medo também! hahahah Sempre tenho a sensação que algumas pessoas entram no meu blog só pra falar besteira mesmo, pra causar mal-estar, pra ser desagradável, por que não é possível que, alguém que odeie um blog de estilo pessoal, tenha vontade de voltar mil vezes só pelo prazer de falar mal né?

    Esse é o preço que se paga pela exposição, mas a exposição também trás outras coisas legais, inclusive grandes amigas! :)

    Mais uma vez, texto espetacular! Adorei muito!!

    Beijos, Carol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s