SPFW – Iódice

As obras da artista plástica Sonia Delaunay serviram de inspiração para Valdemar Iódice em sua coleção de verão. Sonia foi uma artista de vanguarda, que pintava formas abstratas, circulares e reunidas como na técnica do patchwork, não só em quadros, mas também em roupas e acessórios que fazia para ela.

A artista esteve presente nas cores como cinzas e pratas, off-white, bege, marrom, laranja, azul turquesa e verde cítrico; nos vestidos com pedaços de tecidos de tons diferentes e nas estampas gráficas e abstratas.

Apareceram shorts curtos e com volume arredondado, casaquinhos, macacões curtos e longos. Tanto nestes segundos, como nas calças, a modelagem era afunilada no final da perna e o cós pregueado, avolumado. Calças vieram acompanhadas de tops soltos com a cintura marcada com cinto de elástico preto.

As formas eram simples e com influência esportiva em costas nadador e cava americana. Os vestidos vieram curtos, em jersey, cetim ou cheios de paetês, barras com balonês “leves” ou soltas. Os ombros e as costas ganham destaque nos decotes. Algumas peças vieram com bordados que lembravam pedras nos decotes e nas mangas com volumes, seguindo a tendência.

As modelos ficaram muito femininas, mas com um jeito forte e seguro com a maquiagem que destacava os olhos e os coques bananas desestruturados arrematados com um arco preto fino.

Quadro de Sonia Delaunay

Foto desfile: Agência Fotosite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s