Invejinha dos ingleses 2

Ok, notícia velha, mas não podia deixar de postar sobre a exposição em cartaz na Tate Modern, Duchamp, Man Ray, Picabia. Os três foram uns dos principais nomes da vanguarda do início do século XX e mestres do movimento dadaísta. A amizade entre eles era fonte de inspiração e diálogo no trabalho de cada um.

Esta expo me lembrou as aulas de arte moderna e conteporânea que fiz, uma eletiva do departamento de comunicação da PUC-Rio, com professor Alfredo Grieco (uma das tops da faculdade, que mudaram de verdade minha maneira de pensar). Se eu ainda estivesse na aula, com certeza o Grieco nos convidaria para ver a mostra, como ele sempre tentava fazer: “Nós vamos num sábado e voltamos num domingo, ver a expo tal no MoMa… A passagem nem está tão cara!”, como se NY fosse logo ali!

O pouco que aprendi sobre esses gênios foi:

Marcel Duchamp era pintor e escultor franco-americano. O seu quadro mais famoso é o Nu Descendo Escada (foto), mas ele ficou mais conhecido por criar o conceito de ready made – obras de arte feitas com objetos do dia-a-dia, como a escultura A Fonte, feita com um urinol.

Man Ray, norte-americano, foi pintor e fotógrafo. Seus experimentos com as técnicas da fotografia trouxe inovações e deu a ela maior destaque no campo das artes plásticas. Seu romance com a artista Kiki de Montparnasse, foi escandaloso e inspirador no trabalho de ambos. Foi também um dos principais fotógrafos de moda do século passado.

Francis Picabia era pintor e poeta francês. Publicava textos em revistas Dada, mas, com o fim deste movimento, passeou por outras vanguardas como o cubismo, até chegar na última fase de seu trabalho, abstrata. (Obs.: que estampa linda daria este quadro, não? Imaginem um lenço!)

Nenhuma chance de vir ao Brasil? Poxa…

Anúncios

7 opiniões sobre “Invejinha dos ingleses 2”

  1. maravilhosas imagens que enchem os olhos!

    P.s: fui rezar pelo seu PC, foi o meu que pifou… Seria uma crise de ciúmes?!

    Beijocas.

  2. Olá, Márcia!
    Interessantíssimo o seu blog. Tb tive aula com o mestre Alfredo, o rei do Gô, que sempre nos convidava para alguma exposição maravilhosa no MoMA, no Louvre, no Rodin. Um dia ele perguntou: “Quem fala francês aqui?”, e ele próprio levantou o braço.
    Gostei mesmo do blog.
    Um abraço,
    Caio

  3. oi marcia
    encontrei seu blog viavia e adorei
    inclusive e principalmente o nome
    eu sou figurinista e ja fiz e faco mta bainha com fita crepe, a ultima foi este final de semana rrss
    queria tb te convidar para ir no meu blog
    quem sabe vc gosta
    http://saianarua.blogspot.com/
    um abraco
    patricia

  4. Tenho mais ESTA invejinha dos ingleses do que do post anterior, tirando a parte do “além de viver onde vivem”.
    Queria ver Man Ray, e nessa composição amistosa ainda mais.
    Beijo top.

  5. que demais esse post, cat! AMEI a última imagem! ** arruma essas férias e vem pra cá, vai ser legal, juro! e nem precisa de $$$ assim pro Sacolão, tá tudo baratiiinho baratinho! durante a semana vamos postar fotos e preços no twitter, olha lá pra dar mais vontade! vem conhecer a gente, veeeeem! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s