Os vestidos de Guesquière e Kar Wai

É impossível para um artista, para alguém que cria, ter controle sobre como as pessoas vão interpretar seu trabalho. Ou então das referências que o público vai associar à sua obra. O estilista da Balenciaga, Nicolas Guesquière provavelmente não teve a influência que eu imaginei observando as duas últimas coleções da marca, mas ele não pode me corrigir – e se estou certa ou não também não vem ao caso. Mas é que, revendo o filme Amor À Flor da Pele (In the Mood for Love – Wong Kar Wai, 2001), eu percebi que a silhueta estruturada, os tecidos com brilho e as estampas florais lembram muito o figurino do filme.

Não conseguir achar nenhuma foto boa dos vestidos estampados da personagem para comparar com os conjuntos da coleção tão falada de verão (aquelas espécies de armaduras floridas), mas achei este vídeo, assistam e reparem bem. Os vestidos dela não são “duros”, a não ser na gola Mao estruturada, mas marcam os pontos da silhueta que Guesquière destacou nos seus últimos trabalhos : o quadril e o ombro. Dois conjuntos da coleção de verão tem até este estilo de gola típica chinesa.

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=uULb6Sv22Tk

Os figurinos dos filmes do Kar Wai são sempre um destaque à parte (além de todas as qualidades cinematográficas do diretor: roteiro, direção, direção de fotografia, trilha sonora, tudo é maravilhoso!). Estou numa luta intensa para achar o nome que assina o figurino, mas não acho – mas a busca não vai terminar por aqui! Em 2046, os vestidos maravilhosos continuam, mas as roupas da parte do filme que se passa no futuro também são divinos! Ele também fez um ode à arte de fazer uma boa roupa em seu segmento no filme Eros, que conta a história de um alfaiate que se apaixona por sua cliente, uma prostituta de luxo.
Pode ser que Guesquière nunca tenha nem visto um filme de Kar Wai (subestimando o coitado!), pode ser que tenha visto, se inspirado e eu nem sabia (o que seria um imenso furo! Hehehe). Mas tive esse insight ao rever o filme e quis partilhar… Sem contar que adoro fazer este tipo de ligações… perdoe quem não aprove!
Anúncios

4 opiniões sobre “Os vestidos de Guesquière e Kar Wai”

  1. Marcia,

    Concordo com você! E pode até ter acontecido do estilista ter visto o filme em 2001, esperou um tempinho (que também faz com que mais pessoas asssitam o filme), coloca os vestidos nas passarelas, e, as moças – com a memória afetiva (o filme é ótimo e a atriz arrasa) – já criam o desejo de compra-los por criarem uma identificação imediata. Viajei? Entrei na sua divagações…. risos

    Mas o povo da moda vai dizer que é a tal da inspiração coletiva… mais risos.

    beijos,
    Helena

  2. Marcita querida,
    sempre visito seu blog mas só hje percebi que você não estava nos meus links!
    Já tá lá, ok?

    Beeijos!

  3. Gostei do paralelo. Eu sou aoaixonada pelo filme, que é bélissimo, sutil, sensual…e o figurino é algo!

  4. Gostei muito do paralelo que você fez.
    Mas o que me deixou intrigada mesmo foi o nome que assina os figurinos dos filmes.
    Descobri. É William Chang.
    Ele trabalhou na maioria dos filmes de Wong Kar-Wai.
    Também adoro os filmes, os figurinos, as trilhas sonoras…
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s