Por que Balenciaga?

Looks do desfile de ontem – style.com

Por que Balenciaga faz tanto sucesso e virou essa big referência, influência em tendências no mundo da moda? Essa pergunta ficava me encucando, mas acho que começo a achar uma resposta (claro que os especialistas poderiam me dar uma, mas queria achar a minha).

Os anos 2000, se você parar para pensar, não trouxeram nada de grande novidade em indumentária, quantas vezes não citamos que uma década voltou, e cada hora é uma? Referências quase literais, que deixam as roupas com jeito de figurino de filme de época, não é mesmo? Sintomas pós-modernos.

Mas reparem na Balenciaga. Não tem cara de roupa do século XXI? Me lembram os figurinos que escolhiam para os habitantes de planetas distantes ou pessoas do futuro em filmes de ficção científica, não é? Mas sem ser caricato (digo, figurinos bem feitos, ok?)

Não se trata de invenção da pólvora do Ghesquière, ele usa referências passadas, mas ele pega o que há de mais inovador em tecnologia têxtil e traz também novas propostas de formas (ou de usar as formas já antigas). Assim, suas roupas ficam diferentes do que aparece tanto por aí, mesmo que aparentemente não sejam usáveis, ou muito comerciais.

Me corrijam se eu estiver errada, mas ainda é uma reflexão sem conclusão =)
Anúncios

7 opiniões sobre “Por que Balenciaga?”

  1. Escrevi sobre os meninos dele hoje!
    Não me lembro de ter visto meninos no desfile dele há bastante tempo, também falei sobre a inovação sem mulherização… rs

    Beijos!

  2. sensacional a sua mini-pré-conclusão (que pra mim pode já ser a final, tá ótema!). melhor ainda que, quando a gente estuda os arquivos do balenciaga em si (o cristóbal), tá tudo ainda no trabalho do ghesquiére, mas com cara de futuro. demais, neám?

  3. eu acho o ghesquière muito gênio! e sabe o mais sensacional? eu li uma entrevista dele dizendo que faz questão de que TUDO que apareça nas passarelas vá pras lojas! TUDO. ele é a favor do estranho na vida, e não do estranho pelo conceito! fino.

  4. Gente, obrigada pelos comentários! Fe falou do Cristóbal, me deu até idéia pro projeto da pós! E Lulu, não sabia dessa do Ghesquière, MUITO legal! você tem essa entrevista?

    bjs

  5. eu acho que a maior revolução na moda atual são os tecidos tecnológicos e ele os usa mesmo super bem!

    oba, café marcado!

    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s