O poder dos acessórios

Eram 22h50 e eu entrava no meu apartamento depois de um dia de muito calor, trabalho e aula de processos de criação na pós. Pensava que amanhã ainda teria tudo isso (menos a pós), arrumar mala e 6h de viagem de ônibus pro Rio… Coloco a mochila de oncinha em cima da cadeira do computador, quando vejo uma sombra marrom andando na mesa e caindo entre a mochila e a minha bolsona vermelha (a deste post muito velho).

Momento Paixão Segundo GH: me confrontei com o mais ABOMINÁVEL dos seres. A barata. Moro sozinha. Poderia até chamar o fortão do 12º, mas, além de só conhecê-lo de elevador, barata é aquele tipo de bicho medonho que se você desvia por um segundo o olhar, ela some e você entra em desespero: e se ela se esconder só para você se esquecer e reaparecer para andar em você enquanto dorme?

O jeito era enfrentar meus medos. O momento GH durou só o tempo de achar minhas Havaianas. Yes, Márcia, you can! Joguei minha mochila longe. Nada da bicha. Joguei a bolsa no chão também. Nada. Com delicadeza e sempre a postos com o pé de Havaianas, levanto a bolsa e encontro a barata virada com a barriga (?) pra cima, mortal para os insetos. Estribuchava. Minha bolsa gigante e de couro, que acaba com meus ombros e minha coluna, semi-esmagou a barata. Dei o golpe de misericórdia com o chinelo, peguei quase o rolo inteiro de papel higiênico e joguei (aos gritos, de nojo) a coisa pela privada abaixo (não fui muito ecológica e dei descarga umas 5 vezes).

Agora estou com nojo da bolsa, apesar de ter passado pano úmido (fueda-se o couro) várias vezes. E com nojo da minha mesa. Mas já passei pano molhado em tudo também. Até mesmo no DVD da sexta temporada de Sex and the City que eu aluguei pra distrair.

Uma barata, sem Manolo, andou pelas ruas de NY. E uma bolsa matou. Barata, literalmente, uma fashion victim….

6 opiniões sobre “O poder dos acessórios”

  1. Márcia,

    Que fofo o seu blog.
    E te apóio totalmente…eu tenho pavor de barata também! uns dias atrás também me confrontei com um bicho desses sozinha…foi uma experiência traumatizante também…e nem um pouco fashion!
    Mas no final, ufa!, saí vitoriosa.
    Vou te adicionar no meu blog,
    beijos

  2. Barata é o bicho mais domestico que existe, eu tenho vertigem de ver barata, mais acontece de encontralas… as piores sao aquelas que parecem até “invernizadas” de tão brilhantes e cascudas.

    arrepiou… haha

  3. Ai Márcia, vc n é nada ecológica:
    – bolsa de couro?
    – 5 descargas?
    -barata + papel higiênico no vaso?

    ehehee!

    “Atóron” passar aqui
    (a última barata na minha vida de solteira moradora solitária de apto, resultou em 8 horas com uma chinela na mão, montada num sofá em plena sala.. abafa o caso, rss)

  4. marcia, morri de rir com o seu texto!!!! agora, não fica com nojo de usar suas coisas não. limpou, tá limpo!!!!

    beijos

  5. 22h cheguei do serviço cansada, doida para tomar um banho, toalha, sabonete nas mãos, passo pelo corredor e quando já estava no final dele vejo (acho que mais intui do que ví) o ser na parede. voltar ou continuar? não voltei pois ela poderia ´´pular´´ em mim.fui verificando todas as paredes restantes. tomei banho rezando para meu irmão ou minha mãe aparecer para matar o ser e nada. saí do banheiro, sei num banco da cozinha, peguei um salgadinho e uma lata de cerveja e fiquei esperando…depois de uns 30 40 minutos meu irmão chegou e antes que ele colocasse o pé no corredor pedi a ele para pegar o remedinho para o ser. ele jogou, matou e deu sumiço no ser. e ainda me perguntam se não vou morar sozinha. eu heim??? quem vai matar o ser se eu estiver só?????

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s