Sketchbook Farm

Eu acho que já falei umas millll vezes aqui no blog que eu adoro a Farm (e adoro o Adoro!) . Acho um case incrível de marca legal, que começou muito micro (uma barraca na extinta Feira Hype, no Jóckey) e hoje é uma super empresa com um trabalho incrível de criação e de comunicação – tão importante nos dias de hoje e que muitas marcas não valorizam. Eles mantém muito forte a identidade da marca e a identificação com seu público, além de terem ideias legais para criar todo um clima para a compra. A compra hoje é uma experiência, e assim geram a fidelização do consumidor.

Bla bla blas de quem já escreveu pra revista de varejo à parte, talvez por escancarar de coração mesmo meu apreço pela marca, ganhei um caderninho tipo moleskine, mas que eu chamo de sketchbook. Um pouco do processo de criação da coleção atual “É coisa nossa”, e o resultado deste processo (os looks – já falei de verão aqui) estão nesse caderno fofíssimo!!!! Eu amei os sketchs, as colagens, vou levar amanhã na Santa Marcelina para a professora ver. Além do lookbook, tem dicas de estilo, de make, pra cabelos, de acessórios, de turismo e até receita de drinks brasileiríssimos.

farm

Mas uma das coisas do caderninho que eu mais gostei foi um revival com peças preferidas da equipe de estilo retiradas de coleções passadas. Lembrei de cada estampa e de cada coleção da marca, e sei lá, lembrei de coisas da vida também – da época que morava no Rio, fazia Jornalismo na Puc e almoçava no Shopping da Gávea (na Batata Inglesa porque era mais barato ahahahah), antes de ir correndo para o estágio, mas sempre dava uma olhada na Farm que ficava em frente. Então me lembrei de um vestido que eu comprei nessa época, final de 2005, e que me deixou beeeem feliz. Tive – e ainda tenho porque ainda uso – ótimos momentos com ele. Era daquelas roupas que te dão sorte, que você se sente confiante e bonita… Sem demagogias, quem me conhece sabe que eu amo esse vestido!

farm01

No marketing esperto da Farm, não falta o olfativo, claro! Jeito bem legal de nos remeter a alguma coisa – atraindo pelo cheiro! Por isso o caderninho também tem o aroma da marca (aquele cheirinho que sentimos nas lojas). Au-la de construção de indentidade pra marca, né não?

No final do Sketchbook, ainda tem páginas em branco para eu preencher como eu quiser e, como boa amante de caderninhos e colagens que sou, vou tratar de usar!

Parabéns pra todo mundo que esteve no projeto, incrível!

4 opiniões sobre “Sketchbook Farm”

  1. Também amo! Você viu que eles fizeram um eventinho no dia de São Cosme e Damião? Fizeram uma camiseta personalizada e ainda tinha saquinho com doces!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s