Eternamente responsável por aquilo que escreves

Depois que blogueiros internacionais foram convidados para os desfiles lá fora e alguns até sentaram no lugar de honra do reino da moda – a primeira fila – os donos de blogs nacionais começaram a reivindicar uma atenção maior por parte das marcas e suas assessorias. Enquanto os gringos são valorizados, aqui nós blogueiros não conseguimos nem mesmo credencial para cobrir as semanas de moda – que dirá convite para ver os desfiles.

Pelo nome dos blogs: Jak an Jil, Garance Doré e Sartorialist na primeira fila

Eu concordo com esta revolta dos blogueiros e acho que marcas que não estão atentas para o poder desta nova mídia estão comendo mosca. Não apenas quanto a desfiles, mas incluí-los no mailing de divulgação de releases, como estão as revistas e sites de moda – ou até mesmo criando novas ações de divulgação que não fujam dos padrões éticos da publicidade e do jornalismo (MUITO importante esta parte).

MAS, eu acho que os blogs precisam fazer por onde. Blog nasceu como uma válvula de escape para poder se expressar e acabou virando algo muito grande, muito acessado e seguido. O blogueiro precisa ter noção deste poder que suas palavras vão ter e da responsabilidade que ele adquiriu. Palavra é que nem filho – depois que você coloca no mundo, você tem pouquíssimo poder sobre ela.

Quando você diz alguma coisa, você não consegue controlar ou adivinhar o que as pessoas vão entender – cada um tem a sua percepção. Com a palavra escrita, essa falta de controle é ainda maior porque ela não tem a entonação da fala, os gestos, as expressões faciais. Quem nunca fez uma brincadeira por email ou em alguma rede social e foi mal entendido?

Por isso, todo o cuidado é pouco na hora de escrever um texto para o blog. Quanto mais objetivo e direto for, mais claro para os outros entenderem. Outro ponto importantíssimo, caso um blogueiro queira ser valorizado como uma forma séria de mídia, é confirmar tudo o que publica para evitar erros de apuração, como chamamos no jornalismo. É preciso MUITO cuidado para não publicar coisas erradas, mentiras – a Internet já está cheia de baboseiras, não seja mais uma!

Eu mesma já cometi um monte de equívocos e quis enfiar minha cara num buraco de tanta vergonha!

Para ser blogueiro não precisa ser jornalista – nem para ser jornalista você precisa mais do diploma, mas acho que quem quer fazer de seu blog um veículo de informação deve procurar estudar – até por conta própria mesmo – estes princípios da comunicação. Assim seu trabalho será valorizado!

Além disso, você não será vítima de agências de comunicação espertinhas que se aproveitam do amadorismo – porém com muito ibope – dos blogueiros para práticas publicitárias questionáveis e que acabam enganando o leitor!

Vamos fazer direito e bonito, galere! Blogs (bons) unidos, jamais serão vencidos =)

9 opiniões sobre “Eternamente responsável por aquilo que escreves”

  1. Oi, Adorei seu blog.
    E como v. tenho uma preocupação gigantesca com o q escrevo, ainda que o q posto,não tenha o intuito de ser altamente informativo. Apenas dou umas pinceladas sobre os fatos,mesmo porque meu blog não é jornalístico.(ainda não sei q tipo ele é srsrs) Escrevo desde Abril apenas, mas é uma coisa q por hora estou amando.
    Bom, to adorando seu blog. Já virei seguidor. Abraço.

  2. Olá!
    Adorei o seu blog. É um tanto quanto diferente do meu pelo fato de não me dedicar a mantê-lo como ferramenta jornalística. Na verdade não tenho o dom para isso. Me restrinjo apenas a ler e apreciar blogs como o seu. Leio muitos, porém não escrevo tanto e, quando o faço, posso dizer que as postagens são autobiográficas.
    Estou te seguindo no twitter.
    Abraço!

  3. Concordo com voce! Estranhei essa recusa das credenciais para os blogueiros, mas no fim a maioria acaba conseguindo convite por outros meios e faz posts sobre o evento mesmo assim. Se querem se rebelar mesmo, nao aceitem outros convites e batam o pé pela própria credencial…
    beijos

  4. “MAS, eu acho que os blogs precisam fazer por onde. Blog nasceu como uma válvula de escape para poder se expressar e acabou virando algo muito grande, muito acessado e seguido. O blogueiro precisa ter noção deste poder que suas palavras vão ter e da responsabilidade que ele adquiriu.”

    Né?!

  5. Marcia, ontem postei falando sobre mais ou menos isso, e o teu post foi indicado pra mim nos comentários por também ter uma opinião sobre blogs, seus conteúdos, união de info boa, etc. Eu não tinha esse post, e adorei.
    Concordo quando você quando diz que o que escrevemos tem que ser bem feito, bem escrito, bem apresentado. Há um sem fim de blogs por aí. Por isso que eu já não posto com a mesma frequência (comentei isso com no “Avesso” da Tati também).
    Acho que está mais do que na hora da mídia brasileira reconhecer o papel dos blogs como uma forma alternativa de imprensa. Não só os blogs cheerleaders (citando Luigi do AF, que citou Lars Svendsen) que se desmancham em elogios, mas aqueles que apresentam info, críticas, opiniões legais e olhares criativos, que oferecem um contributo legal na internet. Afinal, há gente que não trabalha na Vogue mas tem opinião (e quer aprender e escrever) sobre moda…
    Por isso, “vamos fazer direito e bonito!”
    Beijos

  6. Márcia, tirasse um post da minha boca, hehehe. Eu sinceramente acho que as semanas de moda brasileiras já são um pouco desorganizadas, e tem muita gente que não está trabalhando lotando desfiles, enquanto outros que precisam trabalhar acabam ficando de fora. E acho que os blogs daqui ainda todos falam mais ou menos a mesma coisa. Não sei se valeria tanto botá-los na primeira fila, e deixar talvez veículos menores de fora da sala, que o que imagino que poderia acontecer. Talvez, nas nossas circunstâncias brasileiras, ainda seja mais legal que um jornalzinho lá de longe cubra um desfile, do que um blogueiro que não acrescente tanto. Penso que pouca gente está msm fazendo por onde nos blogs! Alou, blogueiros, mãos à obra!!

    : *

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s