Pesquisa sobre jovens brasileiros

Durante a Ditadura Militar, falava-se que o Brasil era o “País do Futuro”, mas, para os jovens daquela época, era difícil acreditar nessa propaganda (aliás, eles TINHAM QUE desconfiar dessa propaganda, vindo de onde vinha, né?).

Mas o Brasil e o mundo mudaram e o Box1824, empresa especializada em pesquisa e mapeamento de tendências de comportamento, acaba de divulgar uma pesquisa sobre os jovens brasileiros entre 18 e 24 anos (já postei um vídeo deles aqui). Assim como o nome da empresa, essa faixa etária foi escolhida porque é considerada a mais influente no comportamento e consumo (eu fico arrasada que já não estou mais nela hahaha).

Com o título de Sonho Brasileiro, a pesquisa está disponível para download no site. Foram feitas 1.784 entrevistas, em 173 cidades de 23 estados, com jovens de todas as classes sociais. O nome foi escolhido principalmente por uma das características que os próprios entrevistados disseram ser uma de suas principais: sonhadores. Mas, não se trata de utopias por grandes revoluções que irão mudar o mundo, e sim de sonhos palpáveis e de micro-revoluções, em seus próprios círculos que eles acreditam que serão muito mais eficazes.

A pesquisa detecta os jovens-ponte, que são esses que vão alavancar micro-revoluções, criar e colocar em prática seus projetos. Apesar do avanço da Internet, do consumismo e de outras maluquices e correrias da vida pós-moderna, a pesquisa identificou que essa geração chega com ideias menos individualistas e mais coletivas que as anteriores. Não é surpreendente e esperançoso?

Eu fiquei ainda mais surpresa com o fato de 89% dos entrevistados terem mais orgulho do que vergonha de serem brasileiros. Apesar de estar só 2 anos acima da faixa etária da pesquisa (tenho 26 anos), conheço muita gente da minha idade ou mais velha que tem muito mais vergonha do que orgulho e olha e valoriza muito mais coisas de fora do que nossas próprias. Acho isso um desserviço: o Brasil é legal também e se ninguém achar, não vai melhorar, né? É aquele velho papo de auto-estima: se você não se acha incrível, ninguém vai achar e sua vida vai ser uma m.

Bom, no mais, acho que todo mundo minimamente preocupado com o futuro e interessado em conhecer quem vai tomar conta daqui pra frente deveria dar uma olhada na pesquisa – e ficar otimista como eu!

4 opiniões sobre “Pesquisa sobre jovens brasileiros”

  1. Olha, eu não tinha muito orgulho não, mas sabia que depois de ler parei pra pensar um pouco…e é isso!!! Se a gente não tiver orgulho, não vai melhorar!!! Auto estima já!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s