Conselhos de menina, conselhos de menino

Uma breve fábula:

Outro dia, uma menina tava na dúvida sobre o que fazer com um pretê. Trocaram mensagens no fim de semana, mas acabaram não se encontrando. Ela ainda tentou mais uma vez, mandando mensagem levemente alcoolizada na madrugada de sábado para domingo (quem nunca fez isso, que atire a primeira pedra!). Um dia inteiro se passou e nada dele responder.

Aflita, ela levou a questão a um grupo de amigas. Elas disseram: “Ai que vacilo! Não fala mais nada, homem quando quer mesmo, corre atrás. Se ele quiser sair, vai te procurar. Se valoriza!”. Convencida, mas mais ou menos, comentou o memso caso com três amigos homens, horas depois do encontro com as amigas. Eles disseram: “Quem disse que está te ignorando? Mulher é muito neurótica, não tem nem um dia que você mandou mensagem! Domingo é dia de ficar coçando de pijama em casa, de ver futebol, não é dia de chamar pra date!”.

Gente, eu sempre fico fascinada em ver como pensamos diferentes! Não sei se por razões fisiológicas ou culturais. Mas é como Claire Colburn, personagem da Kirsten Dunst em Elizabethtown, diz: “Men see things in a box. And women see them in a round room”.

Mas, moral da história? É sempre bom ouvir os dois lados e fazer o que se sente melhor, sem questão de gênero, né não? =}

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s