Arquivo da tag: fantasia

Fantasias de Carnaval com ajudinha do Pinterest

Alô povão, agora é sério!

Blog está abandonado, mas o Mestrado e afazeres profissionais me prendem o tempo. Mas voltar a alimentar regularmente o Bainha está em uma das minhas resoluções de 2014! Urra!

Já que o Mestrado está direcionando meu foco, vou juntar o assunto da minha pesquisa com uma paixão minha que nesta época fica mais aflorada: Pinterest + Carmaval! Essa rede social de coleção e troca de imagens pode ser uma boa fonte de ideias para fantasias para curtir a folia e eu tenho até história pra contar. Como quem acompanha o blog sabe e quem não sabe pode ler nos posts que vou deixar linkados no final, eu gosto muito dessa festa e adoro me fantasiar. Sempre procuro inspiração em livros que tenho em casa de história da moda, nas minhas coleções de fotos antigas e, claro, na Internet.

Em 2012, recebi uma foto de uma menininha fantasiada de pavão, numa roupa totalmente Do It Yourself, ou DIY ou, no bom e velho português, Faça Você Mesmo. Me apaixonei e me inspirei naquela saia para criar uma versão adaptada para o verão carioca. A foto era essa:

peacock

Eu, minhas amigas, minha mãe e a mãe de uma delas tivemos um mega trabalho de comprar tecidos e costurar as penas de feltro para fazer a fantasia, mas ficou lin-da! No Carnaval daquele ano, desfilávamos felizes pelo Boitatá quando vimos outro grupo de amigas com a MESMA fantasia. Morremos de rir! Elas pegaram a mesma foto como inspiração. Mas, como cada grupo fez sua releitura, a fantasia ficou relativamente diferente. Não vou colocar foto aqui porque, vocês já sabem, quem copia minhas fantasias leva uma praga imensa nas costas, hein!

Essa história me fez entrar no Pinterest (fonte da foto acima), me apaixonar e fazer dele meu lugar antropológico. Mas continua fonte de ideia carnavalesca também. Ano passado, montei uma fantasia inspirada em banhistas da década de 20, mas bem colorida porque, afinal, é Carnaval.

540990_10151201574667817_1789177617_n

Minha versão (foto anti-cópias, só no mistééério):

295030_10151278872932817_457536515_n

*   Para pinçar alguma ideia no Pinterest, pode digitar “costumes” na busca do site. Aconselho sempre a usar o termo em inglês porque cerca de 70% dos seus usuários é dos EUA. Vejam com seus olhos: http://www.pinterest.com/search/pins/?q=costumes.

* Outra tag que tem muitas ocorrências é “halloween costumes”, ó: http://www.pinterest.com/search/pins/?q=halloween%20costumes. Porque eu acho brega brasileiro levar o Halloween pra valer, mas os gringos são bons de inventar fantasia! Só adaptar para nosso clima.

*       Ou então, caso você já tenha algo em mente, digite o que pensou na busca (de preferência traduzido, como eu disse) e vai achar um monte de de ideia legal também. Por exemplo, pavão: http://www.pinterest.com/search/pins/?q=peacock%20costume.

* Também costumo procurar ilustrações ou fotos antigas como para uma fantasia de melindrosa: http://www.pinterest.com/larissalu/20s/.

Mas, se vocês ainda não estão convencidos, peguei algumas imagens inspiradoras, ó:

Mimooous:

mimous

Os Pássaros:

the birds

Twitter:

twitter

E essa, que eu MORRI! Do filme Madeleine:

madeleine

 

**** POSTS SOBRE CARNAVAL:

Coletânea de posts sobre o assunto

Karaokê de marchinhas

Anúncios

Coletânea de Dicas de Carnaval

Falta praticamente UM mês pra melhor época do mundo:

CARNAVAL!

Como diria um amigo meu, não brinco Carnaval porque é uma coisa muito séria. Quem acompanha o blog há muito tempo, sabe que eu sou super foliã, faço fantasias, uma agenda extensa de blocos de rua.

Por causa disso, muita gente acaba me perguntando 20 mil coisas sobre as fantasias, onde eu compro, etc. Pensando nisso, sempre conto no blog como monto as minhas, dando dicas de como aproveitar coisas que temos em casa, que não é preciso gastar fortunas e também com um guia de compras no Saara, no Rio (desculpa quem não mora aqui! Se tiverem dicas de suas cidades, dividam nos comentários).

Como falta 1 mês para sábado de Carnaval, decidi fazer um resumão aqui com link para todos esses posts. Vem comigo!

P1030200

Coletânea de posts Bainha sobre Carnaval (lembrando que eu jogo uma praga em quem copiar literalmente minhas fantasias – vai passar o Carnaval dos próximos anos num piriri forte! Hahahahaha)

 

GUIA DE COMPRAS NO SAARA

 

MINHAS FANTASIAS DE 2011

 

CARNAVAL 2010

 

INSPIRAÇÃO FANTASIAS 2010

 

CARNAVAL 2009

 

w P1010743

Carnaval de rua no Rio e o Lambe Lambe

Quem me conhece ou quem acompanha o blog sabe que eu sou APAIXONADA por Carnaval. Como diz um amigo meu, eu não brinco o Carnaval porque ele é coisa séria!

Quem, assim como eu, é rato de bloco, já deve ter visto um cara fantasiado de fotógrafo lambe-lambe, como aqueles que, nos primórdios da fotografia, faziam retratos em plena praça pública. Mas, por dentro da caixinha que relembra as antigas câmeras, tem uma bem moderna e que registra momentos do carnaval de rua carioca e nós – os foliões.

Outro dia, estávamos no bloco Fogo & Paixão, quando o encontramos (Esteban é o nome dele? Curioso, pra mim ele já é da galera, hahaha, mas eu nunca perguntei o nome dele! Atualização: Minha amiga Carol acaba de informar que o nome dele é Pedro Esteban, sorry!) e uma equipe de filmagem estava seguindo o Lambe Lambe. Agora descobrimos o porquê: o canal Novo RJ (do governo do Estado, confirma produção?) fez um vídeo sobre seu trabalho e sua história. Muito legal, mostra um pouquinho da alegria e do espírito de “todo mundo é amigo” do nosso carnaval de rua.

E quem é que aparece fazendo bico com óculos falso e camiseta vermelha no início do vídeo? Esta que vos escreve. Com meus amigos malucos e um coelho rosa. É carnaval!

Para quem quiser conferir as fotos do Lambe Lambe, a fonte mais rápida e eficiente é checar a fanpage no Facebook. Em breve, ele prometeu colocar as fotos da folia deste ano.

Algumas aqui:

A nossa foto retratada no filme =]

Eu e meus amigos no Boi Tolo em 2011

Nós e o fotógrafo Lambe Lambe no carnaval de 2011 (Orquestra Voadora)

Viva o Carnaval!

=]

Carnaval antigo no Rio

Quem é leitor do Bainha há algum tempo sabe que eu sou A-PAI-XO-NA-DA por Carnaval. Pra mim, nada é mais legal, incrível, divertido. Amo, amo amo.

Por isso, fiquei super emocionada e com saudades (tenho a campanha “dormir agora e acordar no Carnaval) quando vi esse vídeo americano sobre a festa brasileira. Muito legal ver que as tradições do Carnaval de rua antigo continuam (ou voltaram com força) agora: blocos tradicionais, fantasias divertidas, grupos de amigos com fantasias engraçadas, etc. Muito legal ver também os desfiles de escolas na época, os bailes nos salões.

A única dúvida que fiquei é que dizem no Youtube que o vídeo é de 55, mas mostram o Getúlio, que morreu em 54. Vai entender! rs


 

Finalmente: minhas fantasias no Carnaval

Tem gente que posta o look diário, eu faço o look do dia carnavalesco. E sempre com a praga: quem me copiar literalmente ficará liso no Carnaval (para os solteiros) ou vai torcer o pé. Hahahaha!

Vejam só, uma para cada um dos 4 dias:

Sábado: Neste ano, eu e meus amigos saímos de comunidade hippie inspirada em Hair, com direito a algumas performances – que fazem parte do clima sem noção da festa. A gente comprou saídas de praia no Saara e eu misturei com camiseta de oncinha, bolsa de couro, cordãozão, muitas pulseiras, etc. E claro, o perucão black com florzinha, igual à cantora de Age of Aquarius no filme. Ah, quem copiar minha tatuagem, jogo a praga da alergia, cicatriz e traço torto!

Domingo: Eu e minhas amigas resolvemos homenagear Abelardo Barbosa – o Chacrinha! Tudo começou por causa deste pano listrado, que vimos no Saara e nos apaixonamos. Na foto, ainda falta uma amiga, mas escolhi essa porque nas outras não dá pra ver direito a roupa e acessórios. Escondi os rostos delas como sempre faço (mico só eu, né?), mas deixei a minha para mostrar o óculos do Velho Guerreiro. Fizemos MUITO sucesso entre a galere da 3ª idade que encontramos nos blocos e na rua hahaha

Segunda: Dessa vez, fui sozinha, fantasiada de dançarina de show Burlesque ou Piriguete do Século XIX. A cartolinha eu comprei no ano passado. A calcinha, minha mãe e a Isabel (costureira) fizeram. A camiseta é minha e as luvas+meias comprei no Saara. Muito engraçado porque, mesmo com um short super curto, SÓ recebi elogios empolgados de meninas aparentemente fashionistas. #tentativadeserperiguetefail

Obs.: vamu dá um desconto pro sutiã aparecendo né? Depois de morrer no Sargento Pimenta, não dá pra se ligar nessas coisas hahaha

Terça: No último dia, decidi espantar a tristeza com uma fantasia improvisada, mas bem alegre (como mostra minha pose hahaha). Minha saia da fantasia de Colombina do ano passado + camiseta própria com pompons costurados + arquinho de Colombina + meia calça que comprei em Londres cortada para não passar calor. Ah, e meu tênis Beira Rio, um super achado baratíssimo de Carnaval. Alguns desavisados me chamaram de palhaço, mas não levei a mal porque era Carnaval:

E aí, gostaram?

Aproveitem porque é a única época do ano que pago o mico de botar a cara aqui.

 

Carnaval: Mini guia de compras no Saara

Ok, eu tinha prometido neste post que contaria a historinha das minhas fantasias deste ano, mas resolvi ficar quieta para não copiarem minhas ideias – hahahaha. Tudo bem que eu não seria campeã na categoria Originalidade no concurso do Hotel Gloria, mas não quero encontrar nenhum clone nesse Carnaval de meu Deus.

Só um teaser – mas esse colete nem é meu. Hehehe

Então resolvi ajudar os perdidos e dar dicas de lojas para encontrar fantasias e adereços, ou materiais para criar suas próprias ou customizar. E o melhor lugar do Rio pra fazer isso é no Saara (ok, eu sei que é A Saara, mas só consigo falar O Saara). Para quem não sabe, Saara é uma região no centro do Rio com ruelas com lojas populares e tradicionais. Uma 25 de Março 5% mais calma. Mas só 5%. E 90% mais quente. Afinal, estamos no Rio.

Para ser bem sincera, este guia que vou fazer aqui é meio furada, meio vago… porque se tiverem pique de andar por lá, vão encontrar trocentas mil lojinhas com artigos de Carnaval, ainda mais nesta época. Também não estou sendo muito precisa, por algumas razões práticas. Primeiro porque não me deixaram fotografar nenhuma loja e fiquei com medo de fotografar na camufla com o celular e depois a máfia chinesa me levar para algum porão bizarro. Segundo porque quando eu pude ir ao Saara agora, fui fazer compras enlouquecidas para o Carnaval, e não consegui anotar o nome de tooodas as lojas que gostei. Mas dou mais ou menos a direção. O jornalismo que faço aqui não é informativo, é no esquema “dei a dica, agora se vira!”.

Mas chega de bla bla bla e vamos lá:

– Lojas Silmer – R. da Alfândega, 171: Loja de artigos para festas com muitas fantasias (muuuuitas de piriguete – apesar de que algumas biscates hipongas freqüentadoras de blocos de Santa Teresa costumam adotar esse estilo piri no Carnaval. Então, são populares em vários tipos de público hehehe). Os acessórios e elementos avulsos (aviamentos, penas, material para bijuteria) não são muuuuito caros, mas as fantasias (de adulto e infantil) têm preço bem salgadinho. É bem perto da saída da R. da Alfândega do Metrô.

– Casa Turuna – Av. Passos, 122: É uma verdadeira relíquia carioca, fundada em 1915. Tradicionalmente, uma loja de tecidos, mas tem aviamentos, penas (muitos tipos), fantasias de passistas, fantasias comuns, acessórios (muitos chapéus). Os preços são justos.

– Caçula – R. Buenos Aires, 253: Na verdade, este não é o único endereço, é uma rede com várias filiais no Rio, em outras cidades do estado, em Minas e Espírito Santo. Se você não tem uma costureira ou quer algo pronto, melhor não perder o tempo por lá porque não é o forte. Mas se quer achar tecidos ma-ra-vi-lho-sos e viajar na criatividade, lá você encontra absolutamente de tudo, de roupa de cama (pra que no Carnaval? Mas quis citar) à fivela de cinto. Como as escolas de samba encomendam material por lá, nessa época fica um pouco desfalcada. Também vá preparadíssimo para aguentar o mau humor e a má vontade dos vendedores. Os MAIS ANTIPÁTICOS do Rio de Janeiro. Surreal, fui de TPM e quase chorei na loja, hahahahahaha.

Quase apanhei dos vendedores da Caçula pra conseguir 1m desse tecido, mas UFA!, consegui comprar, sem nenhum hematoma!

– Casa Pinto – R. Buenos Aires, 224: Se não tem estômago para agüentar a grosseria e má vontade dos vendedores da Caçula, pode andar mais alguns passos e ir pra esta loja, outra tradicional casa de tecidos. Com vendedores antigos, que entendem o que vendem e muito simpáticos. PS.: O site deles tem um Glossário Têxtil, muuuito legal!!!!!!!!!!!

– Carla Super Festas – R. Golçalves Ledo, 70: Loja pequena, mas muy digna de artigos para festas. Agora em fevereiro, estava recheada de acessórios legais que não encontrei em outras lojinhas do Rio, mas tinha aos montes na 25 (não entendo porque os lojistas do Saara não trazem as mesmas coisas que os de SP. Comprar coisa pra Carnaval lá vale MUITO MAIS à pena, por incrível que pareça).

– Lojinhas perdidas que não anotei o endereço correto: Não peguei o endereço, mas compramos chapéus numa lojinha bem simples, mas equipada na R. Senhor dos Passos, quase na esquina com a Av. Passos. Tinha até capacetes da Penélope Charmosa. Quem achar também, boa sorte e enjoy! Hahahaha

Mais dicas, um oferecimento do Rodrigo Tassinari (mais detalhes nos comentários abaixo):

– Senhor dos Passos,  153: Segundo Rodrigo, uma loja muito bom com acessórios e fantasias. Provavelmente, é a mesma loja que citei acima, porque fui nesta com ele e meus outros amigos hahahaha.

– Maik Mik: Rede de lojas de produtos para festas espalhada pelo Saara, a melhor é na R. Regente Feijó (veja os detalhes no comentário dele abaixo)

– Outras lojas na Buenos Aires: veja os comentários dele abaixo – nem to com preguiça de escrever né? hahaha

E pra fechar, minha dica é terminar o dia na Confeitaria Colombo, que não é muito longe do Saara. Eu e meus amigos fomos, como comentei neste post, foi muito bom. Só pra deixar vocês com água na boca:

PS.: A Carla, do Modices, fez esse post com dicas de como se vestir para pular Carnaval no Rio, muito legal!

Ofegante epidemia que se chamava Carnaval

É né? Acabou…

Pra mim, acabou cedo d+, na terça às 18h e pouca eu já tive que abandonar a Orquestra Voadora que fazia uma alegria generalizada no Aterro, num pôr do sol digno dos dias de saara do Rio (43 graus!), para poder voltar para São Paulo (e depois não venham me dizer que a “locomotiva do país” não é o verdadeiro túmulo do samba…).

Antes de começar o ano, antes de falar do tédio da semana de moda de NY, ainda insisto em falar em Carnaval. Aí vão minhas fantasias, pra quem pediu:

– Francesa, junto com um grupo de amigos:

– A de Colombina, do post passado:

– De corista, com cartolinha de paetês e penas FINA, da 25 (e os amigos estavam de jogador de basquete dos anos 70 e as meninas de líderes de torcida):

– De Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo, adaptada para 43 graus:

E agora, é esperar pelo próximo…